Mulheres devem fazer exames de imagem regularmente


UDDO Diagnósticos alerta para a importância do check-up no diagnóstico precoce de câncer de mama e útero, além da osteoporose


Doenças que mais acometem as mulheres, como câncer no aparelho reprodutor e osteoporose, não apresentam sintomas na fase inicial. Assim, fazer um check-up anual, incluindo exames de radiologia, é fundamental para se ter diagnóstico precoce e evitar o agravamento da saúde, segundo os especialistas da UDDO Diagnóstico, primeira rede de clínica especializada em medicina nuclear diagnóstica. 

Exames de radiologia são os mais indicados para identificar de forma precisa e segura diversas doenças silenciosas e que não podem ser detectadas inicialmente pela avaliação clínica. De acordo com Silvana Habib, médica radiologista da UDDO Diagnósticos, os cuidados com a saúde devem começar cedo. Pois nos casos de câncer de mama e útero, tipos de tumores que mais causam mortandade em mulheres, quanto mais cedo forem diagnosticados maiores são as chances de cura. 

Para mulheres jovens: 

A ultrassonografia de mama é recomendada para verificar lesões e sinais de nódulos nos seios em mulheres com menos de 40 anos e não fazem mamografia. 

A ultrassonografia pélvica é outro exame que deve ser incluído no check-up das mais jovens, para verificar mudanças no ovário e no útero. 

E a ultrassonografia vaginal, indicada a pacientes que já tiveram relação sexual independentemente da idade, é importante para detectar nódulos e outras alterações fisiológicas que possam comprometer o aparelho reprodutor. 

Mulheres a partir dos 40: 

Com as alterações hormonais e mudanças fisiológicas ao longo dos anos, as mulheres devem redobrar os cuidados com a saúde. 

Um dos exames recomendados pela especialista da UDDO é a ultrassonografia da tiroide, para verificar a presença de nódulos cancerígenos, assim como alterações em seu tamanho e textura, que podem indicar possíveis disfunções. 

A partir dos 45 anos, as mulheres devem se submeter a exame de densitometria óssea, que avalia com precisão a perda da massa óssea, prevenindo a osteoporose. O exame deve ser repetido a cada 1 a 3 anos, conforme as condições físicas da paciente. 

A mamografia, geralmente, é recomendada às mulheres a partir dos 40 anos ou, caso tenham histórico familiar de câncer de mama, dez anos antes da incidência na parente mais próximo. O exame detecta sinais ocultos e milimétricos de câncer de mama, que não podem ser percebidos em exame de toque. 

Todos estes exames podem ser realizados na sede da UDDO na Rua Itapeva, 366, Bela Vista, e mais três unidades na capital: Hospital Samaritano, Instituto Brasileiro de Controle do Câncer (IBCC) e na Santa Casa de São Paulo. 

Serviço:

Central de Agendamento UDDO (11) 3254-6800.


Sobre a UDDO
Fundada em 30 de setembro de 1988, a UDDO está entre as maiores clínicas especializadas em medicina nuclear diagnóstica. Anualmente, realiza cerca de 40 mil exames de medicina nuclear e 15 mil de radiologia, sempre primando pela excelência técnica e pelo atendimento personalizado a seus clientes. A sua equipe multidisciplinar é formada pelos mais conceituados e experientes profissionais da saúde, como médicos nucleares, cardiologistas, enfermeiros, físicos, químicos, entre outros especialistas de diferentes áreas de atuação. Além da sede na Rua Itapeva, a UDDO oferece atendimento nas unidades de medicina nuclear do Hospital Santa Casa, além do Hospital Samaritano e Instituto Brasileiro do Controle do Câncer. Para saber mais, acesse: www.uddo.com.br


Sugestão de pauta enviada pela assessoria de imprensa da marca, editado e publicado gratuitamente.


1 comentários:

  1. Eu preciso perguntar para a minha mãe se ela esta em dia com os exames dela, afinal ela lembra de todos menos dela. Muito bom o seu post, as pessoas deveriam falar mais sobre isso, parabéns!

    Xoxo :*
    www.isabelamingues.blogpsot.com.br

    ResponderExcluir

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...